terça-feira, 28 de abril de 2015

Rosa

Comparo-te as outras flores,
E tu és uma rosa -
Me fere com espinhos,
Através da apreensão
De, algum dia,
Ser tua poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário