quarta-feira, 17 de junho de 2015

Foi-se

Foi-se
Foi-se o tempo
Foi-se tudo
Como foice
Que corta
Degola
Mata
E
De repente
Foi-se

Nenhum comentário:

Postar um comentário