domingo, 12 de julho de 2015

Lentes

A paisagem converge nos teus olhos
Vejo tudo e teus olhos
Vejo tudo em teus olhos
Teus olhos divergem os olhos meus
Quando adentram nos olhos teus

Nenhum comentário:

Postar um comentário