sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Há Deus? Adeus

Pego teu retrato
(morto no álbum de fotografias),
Observo bem teu rosto
(eu mal lembrava do teu rosto),
Mas não sinto seu sorriso
(aquele meio sorriso),
Seu jeitinho desajeitado
(unicamente desajeitado),
Sempre inimigo das lentes
(até das lentes do meu óculos)
Eu sinto saudade,
E nem sei de quem,
Só sei do quê

Mas nunca sei
Se você foi
Ou, eu,
Simplesmente,
Fiquei

E se você foi,
Perdoe-me
Por esquecer de ir

Toda vez que abro um guarda-chuva,
Vejo tuas lágrimas pingarem do céu

Nenhum comentário:

Postar um comentário