sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Você

Você é o sol que nasce pela manhã
E brilha pela minha janela
Num último suspiro
Do que um dia já foi noite

Também é o sol que se põe
Opõe
E numa primeira batida de coração
Faz, à noite, a noite
Daquilo que era dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário